LET-676: Variação social no português do Brasil

Portaria da UFBA sobre o recesso de Carnaval: aqui.

Ementa e programa: aqui.

Cronograma: Primeira metade da disciplina

TEXTOS

Aula 01 (06 de outubro):
– LABOV. A motivação social da mudança sonora. (cap. 1 de Padrões sociolinguísticos)

Aula 02 (20 de outubro):
– SCHERRE, Martha & NARO, Anthony. Variação e mudança linguística: fluxos e contrafluxos na comunidade de fala. Caderno de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 20, p. 9-16, jan-jun. 1991.
– DUARTE, Maria Eugenia. Clítico acusativo, pronome lexical e categoria vazia no português brasileiro. In: TARALLO, Fernando. (org). Fotografias sociolinguísticas. Campinas: Vozes/Unicamp, 1989.

Aula 03 (27 de outubro):
– LABOV. A estratificação social do (r) nas lojas de departamento na cidade de Nova York. (cap. 2 de Padrões sociolinguísticos).
– RIBEIRO, Ilza. Quais as faces do português culto brasileiro? In: ALKMIM, T. (org.). Para a história do português brasileiro. vol. III. São Paulo: Humanitas, 2002. p. 359-381.

Observação: A aula 04 deveria ocorrer em 03 de novembro, mas foi adiada para o dia 10.

Aula 04 (17 de novembro):
– LABOV. O isolamento de estilos contextuais. (cap. 3 de Padrões sociolinguísticos)
– LABOV. O reflexo dos processos sociais nas estruturas linguísticas. (cap. 4 de Padrões sociolinguísticos).
– MIRANDA et al. A variação estilística em diferentes situações de leitura: variedade capixaba. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 52, n. 1, p. 68-76, jan.-mar. 2017.

Aula 05 (24 de novembro):
– Minicurso de Morfologia Experimental, com o prof. Andrew Nevins.

Aula 06 (01 de dezembro):
– LABOV. A hipercorreção pela classe média baixa como fator de mudança linguística. (cap. 5 de Padrões sociolinguísticos)
– GUY, Gregory. A identidade lingüística da comunidade de fala: paralelismo interdialetal nos padrões de variação lingüística. Organon, Porto Alegre, v. 14, n. 28-29, s.p., 2000.

Aula 07 (15 de novembro):
– LABOV. Dimensões subjetivas da mudança linguística em progresso. (cap. 6 de Padrões sociolinguísticos)
– LEITE et al. Processos de mudança no português do Brasil: variáveis sociais. In: CASTRO, I.; DUARTE, I. Razões e Emoção. Miscelânea de estudos em homenagem a Maria Helena Mira Mateus. Vol. 1. Lisboa: Imprensa Nacional/Casa da Moeda: 87-114.

Aula 08 (12 de janeiro):
– conclusão da discussão de: LEITE et al. Processos de mudança no português do Brasil: variáveis sociais.
– LABOV. Sobre o mecanismo de mudança linguística. (cap. 7 de Padrões sociolinguísticos).

Aula 09 (19 de janeiro):
– TRESSMANN, Ismael. Bilingüismo no Brasil: o caso da comunidade pomerana de Laranja da Terra. Anais do IX Congresso da Associação dos Estudos da Linguagem. ASSEL-RJ, v. IX, p. 67-79, 1998.

Aula 09 (19 de janeiro):
– MOZZILLO, Isabela. O code switching: fenômeno inerente ao falante bilíngue. Papia, v. 19, p. 185-200, 2009.
– Critérios de transcrição sugeridos: aqui.

 

*************

Observações:

1) A disciplina será dividida em duas parte. A primeira metade será ministrada pelo prof. Rerisson Cavalcante e tratará sobre a sociolinguística laboviana tradicional. A segunda metade será com o prof. Danniel Carvalho e tratará da terceira onda da sociolinguística.

2) Para a primeira metade, leremos sete textos de William Labov do livro “Sociolinguistic Patterns”, além de outros textos sobre questões sociolinguísticas sobre o português. Há uma versão em português do livro, que pode ser encontrada na biblioteca da UFBA ou adquirida em livrarias: Padrões sociolinguísticos na Amazon | na Cultura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s