Traduções

1) “SOBRE OS HINDUS” – Sir William Jones

Tradução da famosa comunicação On Hindus de Sir William Jones, proferida em 1786, perante a Sociedade Asiática de Bengali. Considerada um marco importante para o surgimento da Lingüística Histórico Comparativa, por conter a afirmação sobre o parentesco entre grego, latim, sânscrito, persa e outras línguas europeias e asiáticas.
Disponível no Projeto Antes de Saussure.

 

2) “O DESENVOLVIMENTO DO MONOTEÍSMO ENTRE OS GREGOS” – Eduard Zeller

Tradução do ensaio The development of monotheism among the Greeks, de Eduard Gottlob Zeller, professor de filosofia da Universidade de Marburg e da Universidade de Heidelberg. Zeller analisa como o conceito de divindade evoluiu entre poetas e filósofos gregos (nos períodos pré- e pós-socráticos) e como uma visão monoteísta sobre o cosmo surgiu no mundo helênico mesmo antes do aparecimento do cristianismo. Publicado originalmente em 1862.

Trecho:
As pessoas aprenderam a ver a relação do homem com Deus como interna e não-mediada, sem limitação de nacionalidade, classe ou raça; a considerar a oferta de um coração piedoso e de uma vida virtuosa mais essencial do que as formas nacionais de culto e a substituir a mediação dos sacerdotes pela comunhão do homem com Deus. Esse refinamento da consciência moral e religiosa surgiu, de modo mais amplo, primeiramente entre os gregos, a partir dos dados da filosofia grega.”
Disponível da Amazon.